Auxiliar de limpeza de 59 anos faz Enem com as filhas e viraliza na web

Até terça-feira (8), publicação teve 36 mil curtidas e 7 mil compartilhamentos. Orlando Graciano pretende concluir o ensino médio e cursar gestão pública.

Por Josemar 08/11/2016 - 08:25 hs

Um auxiliar de limpeza de 59 anos viralizou na rede social após fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com as duas filhas neste final de semana em São José de Campos, interior de São Paulo. A foto da família tem mais de 36 mil curtidas e 7 mil compartilhamentos.

Orlando Graciano precisou abandonar os estudos com apenas 11 anos para trabalhar e ajudar no sustento da família. Após se aposentar, decidiu retomar o tempo perdido e voltou a estudar, cursando o ensino médio.

“Estou fazendo o Enem para eliminar algumas matérias do ensino médio e também para quem sabe já iniciar a faculdade em 2017. Tive que deixar a escola muito cedo, e eu percebi quanta oportunidade de emprego perdi por não ter levado o estudo adiante. Enquanto há vida, nunca é tarde para buscar nossos sonhos”, contou Graciano.

O auxiliar pretende cursar gestão pública futuramente. "Caso eu seja aprovado em alguma faculdade, talvez eu comece a trabalhar na área, mas vou depender de propostas de emprego”, brincou.

Para saber suas notas no Enem, ele vai precisar aguardar até 19 de janeiro. Isso por opção própria, pois o auxiliar de limpeza afirmou que prefere esperar o gabarito final.

“Sou uma pessoa muito ansiosa, por isso achei melhor não trazer os cadernos para casa. Agora, vou esperar até janeiro para saber como fui, mas espero que tenha ido bem, porque a maioria dos assuntos eu via em aula", contou.

Graciano fez a prova no mesmo local em que suas duas filhas, de 21 e 22 anos. Ele afirma que conversa com elas sobre as possíveis respostas de sua prova.

Web
A foto da família de Graciano na entrada do colégio em que realizaram o Enem foi postada por uma das filhas. Até terça-feira (8), a publicação tinha 36 mil curtidas e 7 mil compartilhamentos.

Sobre a repercussão na web, ele disse que não acredita ser um exemplo, mas que ficou feliz com o interesse das pessoas. “Não digo que sou um exemplo, mas deixo o recado de que nunca é tarde para buscar o estudo. Eu demorei um pouco, mas aos poucos estou retomando as aulas e vejo que fiquei bem animado com a ideia”, disse ao G1.