Gilmar se diz surpreso com pergunta sobre permanência na seleção

Coordenador afirma que reunião desta terça-feira na CBF foi "rotina" e que o assunto abordado foi planejamento olímpico. Por ora, ele e Dunga continuam no comando

Por Josemar 06/04/2016 - 06:04 hs

O coordenador de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi, fez um rápido pronunciamento na tarde desta terça-feira na sede da entidade e se disse surpreso com a pergunta de um dos muitos repórteres presentes sobre a sua permanência - e a de Dunga - no comando da equipe. 

Segundo Rinaldi, a reunião desta terça-feira foi de rotina e tratou somente de planejamento para a Copa América Centenário, que acontece em junho, nos Estados Unidos, e para as Olimpíadas no Rio de Janeiro, em agosto. 

O dirigente se recusou a responder outras perguntas e anunciou que o técnico da Sub-20, Rogério Micale, será auxiliar de Dunga nos Jogos - o preparador físico da base, Marcos Seixas, também fará parte da comissão técnica olímpica.

- Fui almoçar com o presidente Nunes, passar um relatório, uma coisa normal, e principalmente a programação para Copa América e Olimpíadas. Não vou responder nenhuma pergunta. É quando presto contas de tudo que foi feito. Principalmente planejamento, está quase tudo concluído. Queria que o Micale ficasse no banco, conhece muito bem os jogadores. Consegui isso, pude oficializar, então ele será um dos auxiliares do Dunga, o Marquinhos também, o preparador físico. Então o resumo é isso, é uma reunião de rotina, entendo a expectativa, mas o que aconteceu foi isso. 

A única pergunta que Rinaldi respondeu foi sobre sua permanência no cargo:

- Isso é uma surpresa, você estar fazendo essa pergunta. A minha preocupação era planejamento. Pela primeira vez vamos a uma Olimpíada com projeto de longo prazo. Há dois anos temos um time treinando e vamos muito confiantes. Planejamento está feito.