Em Bom Lugar a Secretaria de Saúde Realiza exames gratuitos e diagnósticos de glaucoma

Consulta para diagnóstico/reavaliação de glaucoma (tonometria, fundoscopia e campimetria)

Por Josemar 10/12/2017 - 11:24 hs

A Prefeitura de Bom Lugar, através da Secretaria de Saúde realizo neste domingo (10) atendimento com exame gratuito para identificar e tratar casos de glaucoma. Para facilitar o acesso ao atendimento as pessoas levam apenas cópia da identidade e cartão do SUS.

A ação foi realizada na UBS (Unidade Básica de Saúde) Maria Nailde Melo que deu início as hs7:30 da manhã. Com a Unidade lotada, além dos exames e avaliações, acompanhamento por fundoscopia, tonometria e outros os pacientes tiveram palestra que motiva o tratamento.   

O secretário de Saúde Jeferson carvalho disse ao site Bom Lugar Informa que esse é um do mais importantes trabalhos realizados em nosso município, “Hoje contamos com o trabalho competente de toda nossa equipe de profissionais competente, temos o apoio especial da nossa Prefeita Luciene Costa e também do líder Rogério Costa. A equipe da Saúde da família e dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) que são fundamentais nas informações direta da família à secretaria para com a detecção de doenças, assim podemos mover as articulações em busca do tratamento, prevenção e orientações à população do nosso município” disse o secretário.

A meta da Secretaria de Saúde é diminuir ainda mais a demanda de casos de glaucoma que tem sido diagnosticado nas consultas e nas visitas domiciliares da equipe do Programa de Saúde da Família.

“O glaucoma é a terceira causa de cegueira no Brasil. A detecção precoce é a melhor forma de combater os danos causados pela doença”, alerta Marcia técnica em saúde, informando que foi pensando nisso que a Secretaria de Saúde de Bom Lugar realizou neste 10 de dezembro focada no atendimento da população .

Sobre o Glaucoma

O glaucoma se caracteriza pelo aumento da pressão intraocular (PIO), que provoca lesão do nervo óptico e faz parte do grupo de doenças crônicas que incide em 2% da população geral, aumentando a incidência em pessoas com mais de 40 anos e principalmente após os 70 anos. Geralmente atinge os dois olhos, é uma doença hereditária, ou seja, os parentes em primeiro grau têm dez vezes mais chances de desenvolver a doença.

O Sistema Único de Saúde/SUS garante o tratamento para os pacientes portadores de glaucoma, com consultas com médico especialista, exames diagnósticos e dispensação de colírios e em alguns casos cirurgia.