São Paulo vence Chapecoense com 2 de Toró e se classifica

Atacante decide em noite de chuva e apagão em Ribeirão Preto. Botafogo-SP será o próximo rival

Por Josemar 12/01/2018 - 07:41 hs

RESUMÃO

o jogoTricolor avança!

Sob chuva intensa em Ribeirão Preto, o São Paulo contou com dois gols de Toró para bater a Chapecoense por 2 a 0, nesta quinta-feira, e avançar à terceira fase da Copinha. Depois de um primeiro tempo equilibrado, o atacante fez a diferença e classificou o Tricolor. O próximo adversário será o Botafogo-SP, que já duelou com o São Paulo na fase de grupos – a equipe da capital paulista venceu por 4 a 0. O reencontro está marcado para sábado, às 21h (de Brasília), em Ribeirão.

Primeiro tempo

O campo molhado e pesado dificultou as ações dos dois times no início – ambos investiram nas bolas aéreas. O São Paulo teve o retorno do zagueiro-artilheiro Walce, e foi ele quem criou a primeira chance, recebendo a bola na área e chutando por cima do gol. Depois disso, o Tricolor comandou as ações e até acertou uma bola no travessão, com Liziero. A Chape se defendeu como pôde e obteve sucesso.

Segundo tempo

O panorama continuou igual, e a Chape até tentou se arriscar nos primeiros minutos. A expulsão de Ruan, porém, deixou os catarinenses com um a menos e atrapalhou os planos. A partir daí, só deu São Paulo. Toró, um dos nomes do time nesta Copinha, acertou dois belos chutes colocados, aos 19 e 25 minutos, dando a classificação ao time paulista.

Teve apagão!

A chuva também ocasionou a queda de energia elétrica no Estádio Santa Cruz. O jogo ficou paralisado durante 17 minutos e foi esticado até os 68 do segundo tempo. O panorama não mudou, e o São Paulo apenas administrou o placar.

Lambança? Não, pera

O árbitro Daniel Bernardes Serrano expulsou Ruan e gerou uma confusão, já que Guedes, meia da Chape, havia feito falta dura em um jogador do São Paulo. Depois de muita reclamação, porém, o árbitro mostrou que Ruan havia dado tapa em um rival pouco antes. O cartão havia sido correto.